Rymax 2
03-06-2024

Como otimizar os intervalos de mudança de óleo nos camiões

Há seis décadas, uma mudança de óleo do motor de um camião teria sido efectuada com uma frequência de 800 a 1000 km. Devido a lubrificantes de maior qualidade, combustíveis mais limpos, tecnologia de filtragem melhorada e motores mais avançados, hoje em dia é possível ter um intervalo de mudança de óleo tão elevado como 100.000 km.
Partilhar via

Há seis décadas, uma mudança de óleo do motor de um camião teria sido efectuada com uma frequência de 800 a 1000 km. Devido a lubrificantes de maior qualidade, combustíveis mais limpos, tecnologia de filtragem melhorada e motores mais avançados, atualmente é possível ter um intervalo de mudança de óleo até 100.000 km.

Dito isto, um intervalo típico de mudança de óleo mantém-se em torno dos 35.000 km e é dada pouca atenção ao ajuste desta norma devido aos vários ambientes e outros factores que estes veículos enfrentam. Por exemplo, dois veículos produzidos de forma idêntica podem ter uma vida útil do óleo muito diferente; um pode chegar perto dos 80.000 km, enquanto o outro pode estar a precisar de óleo novo aos 25.000 km.

Esta diferença na vida útil do óleo do motor é o resultado de diferentes aspectos de três pontos importantes:

  1. A forma como o motor foi concebido, a sua idade e as condições em que funciona. As características de conceção do motor e as várias condições de funcionamento, a exposição a contaminantes e outras circunstâncias podem afetar a vida útil do óleo.
  2. Padrões e condições de condução - onde e como o camião é conduzido. 41% dos profissionais de lubrificação consideram o local e a forma como o veículo é conduzido como o fator que mais influencia a vida útil do óleo do motor.
  3. Características do óleo, qualidade e desempenho da formulação do óleo do motor.

A altura ideal para mudar o óleo do motor é o momento em que os efeitos prejudiciais das condições do óleo em declínio são mais significativos do que os custos e o tempo poupados ao prolongar mais o intervalo. Estas consequências prejudiciais podem ser de curto ou de longo prazo. Os efeitos a curto prazo são, por exemplo, a perda de eficiência do combustível devido à deterioração do estado do óleo do motor até à próxima mudança de óleo. Os efeitos a longo prazo incluem a danificação permanente dos componentes internos do motor, o que provocará custos adicionais relacionados com reparações, reconstruções e períodos de inatividade.

É difícil dizer exatamente qual é o momento certo para mudar o óleo do motor. No entanto, uma vez que estas condições nem sempre são conhecidas através do funcionamento normal do camião, a melhor resposta será a capacidade do condutor para controlar a qualidade do óleo em qualquer momento, quer em tempo real (sensores em linha), quer através da análise do óleo ou durante a inspeção de manutenção periódica.

A vida útil do óleo do motor é fundamental para a saúde do motor e do veículo como um todo. Por exemplo, o óleo do motor circula por vários componentes do motor para proporcionar proteção contra o desgaste, o que mantém o motor a funcionar corretamente, ajuda a manter uma temperatura ideal do motor, limpa a contaminação e tem a caraterística de inibir a corrosão e melhorar a vedação.

Por conseguinte, é importante escolher um óleo de motor de alta qualidade, para que o seu equipamento fique mais protegido e os custos de manutenção sejam reduzidos.

A Rymax Lubricants utiliza cookies para garantir que obtém a melhor experiência no nosso website. Leia mais sobre a forma como utilizamos os seus cookies na nossa declaração de cookies. 

Seleccione a sua região